Cepea afirma que o preço do frango brasileiro caiu após altas de sete semanas

Cepea afirma que o preço do frango brasileiro caiu após altas de sete semanas

3 de novembro de 2020 0 Por Walison.t.l

De acordo com dados do Centro de Pesquisas, mesmo com a queda recente, a forte valorização nas primeiras semanas de outubro ainda respalda a média deste mês em patamar nominal recorde.

 

Segundo dados do Centro de Pesquisas Avançadas de Economia Aplicada (Cepea), após marcar nova alta por sete semanas consecutivas, o preço do frango no mercado interno começou a cair. A entidade afirmou que a pressão vem da queda da liquidez, porque a população tem baixo poder aquisitivo na última semana do mês, e porque as redes de atacado e varejo afirmam ser difícil repassar a valorização do produto.

De 21 a 28 de outubro, o valor dos frangos inteiros congelados no Grande Mercado Atacadista de São Paulo desvalorizou 6,2%, e na quarta-feira, 28, estava em 5,90 reais o quilo. Em Toledo (PR), a queda no período foi de 4%, e a oferta global de congelamento foi de R $ 6,38 / kg.

Em relação ao corte da produção no atacado em São Paulo, a pesquisa mostrou que as coxas após as coxas esfriaram 4,2% de 21 a 28 de outubro, para 6,56 reais / kg na quarta-feira. A cotação dos seios refrigerados foi de R $ 6,61 / kg, queda de 3,3% em sete dias.

“Apesar da queda recente, a forte valorização observada nas primeiras semanas de outubro ainda sustenta o patamar nominal nominal deste mês (até o dia 28). Para o congelamento geral da região de São Paulo, o preço médio em outubro foi de 6,06 lei Yal / kg, ainda mais de 8,3% em setembro.O Cepea informou que em Toledo (PR), a taxa de crescimento mensal foi de 9,5%, e o preço médio do frango inteiro foi de R $ 6,46 / kg em outubro.

Os preços dos insumos utilizados nas aves permanecem estáveis. Entre 21 e 28 de outubro, os 60 kg de milho em sacas comercializados no mercado de lotes de Campinas (SP) subiram 9,7%, para R $ 82,01 no dia 28. Na região de Campinas, os preços subiram 6,2% no mesmo período, atingindo 2.604,35 reais por tonelada na última quarta-feira.

 

Fonte: Canal Rural