Campanha de proteção às abelhas catarinense para evitar perdas na produtividade da macieira

Campanha de proteção às abelhas catarinense para evitar perdas na produtividade da macieira

4 de novembro de 2020 0 Por Walison.t.l

Com o início do plantio e da floração, é necessário reforçar os cuidados para evitar danos aos polinizadores. O ministro da Agricultura de Santa Catarina alertou que o uso indevido de agrotóxicos pode causar sérios danos às abelhas e outros polinizadores, aumentando os custos de produção para os produtores rurais.

Matheus Mazon Fraga disse: “Santa Catarina é um importante produtor de mel, e as abelhas são essenciais para a polinização de diferentes culturas, como a maçã. Apicultores e produtores devem estabelecer relações de troca de informações para evitar acidentes.” China Escritório de Inspeção de Insumos Agrícolas da Academia de Ciências Agrárias.

A apicultura existe em aproximadamente 17.000 instituições agrícolas e 98% dos municípios catarinenses. Na safra 2019/20, o estado produziu 75 mil toneladas de mel, valor superior à média do estado (65 mil toneladas).

De acordo com levantamento realizado pela Epagri e pela Federação Catarinense de Apicultores e Associações de Peles Negras (Faasc), em 2019, cerca de 6.000 domicílios rurais catarinenses possuíam criação de peles negras Fontes suplementares de renda (criar abelhas livres de ferrugem).

Santa Catarina é um estado de referência na produção, qualidade e tecnologia em apicultura. O resultado a ser alcançado é: aumentar a produtividade média de mel / colmeia / ano de 20,5 kg para 30 kg; reduzir a taxa de mortalidade anual de colônias de abelhas de 15% para 30 kg com a introdução de abelhas rainhas mais produtivas e com maior resistência a pragas e doenças Menos de 10%, e melhorou a qualidade genética do apiário.

Além do manejo integrado de pragas (MIP) (incluindo monitoramento da população de insetos, doenças ou ervas daninhas e uso de agrotóxicos), as ações que podem ser realizadas para o uso racional de agrotóxicos incluem rotação de culturas e técnicas de controle biológico. Vários métodos e medidas de gestão visam manter as pragas abaixo do nível que pode causar danos às culturas.

 

Fonte:

Faesc