Ampliou a segunda fase de vacinação contra febre aftosa em 13 estados

Ampliou a segunda fase de vacinação contra febre aftosa em 13 estados

3 de dezembro de 2020 0 Por Walison.t.l

A segunda fase da campanha de vacinação contra a febre aftosa terminou inicialmente no dia 30 de novembro e já foi realizada em 13 unidades federativas do Brasil. A extensão desse período se deve principalmente à nova pandemia de coronavírus (Covid-19), que é avaliada e autorizada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Para pecuaristas de Sergipe e Distrito Federal, a prorrogação é válida até a próxima sexta-feira (4). No Mato Grosso, o novo mandato vai até 10 de dezembro, e no Maranhão até 14; no caso do Piauí, Pernambuco, Espírito Santo, Alagoas Estados, Rio de Janeiro e Norte do Rio Grande, o novo mandato se estende até 15 de dezembro. No Ceará, o período de vacinação foi estendido até o dia 19 e, por fim, os produtores do Amapá e da Paraíba serão imunizados até 31 de dezembro.

As vacinas devem ser adquiridas de distribuidores autorizados e devem ser mantidas entre 2 ° C e 8 ° C desde a aquisição até o início do uso (incluindo transporte e aplicação). Uma nova agulha deve ser usada para administrar uma dose de 2 ml na placa do pescoço de cada animal, preferencialmente durante o período mais fresco do dia, para que o animal tenha isolamento e vacinação suficientes.

Além da vacinação, os produtores também devem fornecer certificação à agência nacional de proteção à saúde animal. O formulário de declaração de vacina pode ser entregue online ou, se for impossível, entregue pessoalmente em um local designado pela Administração Veterinária Nacional dentro do prazo prescrito.

Na dúvida, o objetivo é procurar o órgão de defesa da saúde animal de seu estado.

 

Fonte: Rural pecuária